Radiofrequency Endometrial Ablation with Hysteroscopic Verification: Report of Four Cases Conducted in Brazil

Autores

  • Daniel Liberman Instituto Crispi de Cirurgia Minimamente Invasiva. RJ, Brazil.
  • Claudio Peixoto Crispi Junior Instituto Crispi de Cirurgia Minimamente Invasiva. RJ, Brazil
  • Claudio Moura de Andrade Junior Instituto Crispi de Cirurgia Minimamente Invasiva. RJ, Brazil.
  • Nilton de Nadai Filho Instituto Crispi de Cirurgia Minimamente Invasiva. RJ, Brazil.
  • Marlon de Freitas Fonseca Fundação Oswaldo Cruz, Instituto Nacional de Saúde da Mulher, da Criança e do Adolescente Fernandes Figueira, Departamento de Saúde da Mulher. RJ, Brazil.

DOI:

https://doi.org/10.17921/2447-8938.2023v25n3p178-182

Resumo

Abstract
Endometrial ablation (EA) is a minimally invasive surgical procedure to reduce abnormal uterine bleeding contemplated for women who have achieved their reproductive goals. EA consists of the destruction of the endometrial layer with preservation of the uterus, although EA has lower complication rates than hysterectomy, it may be associated with metrorrhagia recurrence. One of the major causes of treatment failure is incomplete ablation of the endometrium. Thanks to techniques that have been developed in recent years, endometrial ablation can be performed on an outpatient basis, including by radiofrequency ablation. The main objective of this case series was to report four cases in which Radiofrequency Endometrial Ablation (RFEA) was used to treat abnormal uterine bleeding at a single ambulatory surgical center in Brazil. Hysteroscopic evaluation of the uterine cavity was performed immediately prior to the RFEA to diagnose possible endometrial pathologies and again at the conclusion of the procedure to assess the aspect of the newly treated endometrium. Verification of the completeness of the ablation was assessed by a third hysteroscopy 30 or 60 days after the ablation. In this case series RFEA was efficacious and safe for outpatient use. Although radiofrequency endometrial ablation can be performed without the use of the hysteroscope, we believe it is an important tool for the timely verification of the completeness of the endometrial ablation.

Keywords: Endometrial Ablation Techniques. Radiofrequency Ablation. Hysteroscopy. Metrorrhagia

Resumo
A ablação endometrial (AE) é um procedimento cirúrgico minimamente invasivo destinado a mulheres com prole estabelecida visando redução do sangramento uterino anormal. A AE consiste na destruição da camada endometrial com a preservação do útero, apesar da AE possuir menores índices de complicação do que a histerectomia, pode estar associada a recorrência do sangramento. Uma das causas da falha de tratamento é a ablação incompleta do endométrio. Atualmente, a ablação endometrial pode ser realizada ambulatorialmente graças às técnicas que vêm sendo desenvolvidas nos últimos anos, as quais incluem o uso de radiofrequência. O objetivo dessa série de casos é descrever 4 casos de Ablação Endometrial por Radiofrequência (AERF) para o tratamento de sangramento uterino anormal realizados em um mesmo ambulatório especializado no Brasil. Uma avaliação histeroscópica da cavidade uterina foi realizada imediatamente antes da AERF para diagnosticar possíveis patologias endometriais e imediatamente ao final do procedimento, para avaliar o aspecto do endométrio recém tratado e a necessidade de nova aplicação de radiofrequência. A integralidade da ablação foi verificada por uma terceira histeroscopia após 30 ou 60 dias depois da ablaçāo. A técnica mostrou-se adequada para uso ambulatorial. Embora a ablação endometrial por radiofrequência possa ser realizada sem o uso do histeroscópio, acreditamos que seja uma ferramenta importante para a verificação oportuna da integralidade da ablação endometrial.

Palavras-chave: Técnicas de Ablação Endometrial. Ablação por Radiofrequência. Histeroscopia. Metrorragia

Downloads

Publicado

2023-10-25

Como Citar

1.
Liberman D, Crispi Junior CP, Andrade Junior CM de, Nadai Filho N de, Fonseca M de F. Radiofrequency Endometrial Ablation with Hysteroscopic Verification: Report of Four Cases Conducted in Brazil. J. Health Sci. [Internet]. 25º de outubro de 2023 [citado 13º de julho de 2024];25(3):178-82. Disponível em: https://journalhealthscience.pgsscogna.com.br/JHealthSci/article/view/10650

Edição

Seção

Artigos